- Ginecologia, Obstetrícia, Infertilidade, Videolaparoscopia e Histeroscopia


Dra. Deborah Margatho Ramos Gonçalves
CRM: 97536

Formada pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo, com Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia, tem especialização em Ginecologia Endócrina e Reprodução Humana pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo. Título de Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Endoscopia Ginecológica pela FEBRASGO e Pós-graduação em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Consultório
Clínica Santa Helena
Rua José Nóbrega de Oliveira, 98, Jardim do Sul
Telefone: (11) 4033-1310

 

 

Vencendo a infertilidade

A infertilidade pode ser uma das mais difíceis experiências de vida de um casal. Ela altera os sonhos de família, as fantasias e projeções de um relacionamento, a confiança, a sexualidade, a estima pessoal, o relacionamento com os amigos, familiares e com o mundo. Coloca o casal num mar de lágrimas, ansiedade, frustrações, tristezas. Mas o tempo, paciência e conhecimento, respeito e amor, trabalho e constante apoio, compreensão e remissão ajudarão o casal a desafiar e vencer este problema.

É importante saber que um em cada quatro a sete casais tem dificuldades em engravidar. Um casal é considerado infértil quando não consegue engravidar em mais de um ano de tentativa sem qualquer método contraceptivo, com pelo menos três relações sexuais na semana. Genericamente, a infertilidade não está somente ligada a doenças na mulher. Cerca de um terço dos casos, as causas são do casal; um terço somente masculinas e o restante somente femininas. Há também casos de infertilidade sem causa aparente (10% deles), quando se busca excluir todas as causas possíveis de infertilidade e não encontramos nada.

A saúde do casal exerce um impacto na fertilidade e na gestação. Dieta balanceada e exercícios adequados são importantes antes de conceber. A exposição a tóxicos, produtos químicos, alguns tipos de medicamentos podem interagir nas condições do casal. Muito se discute a respeito de tabagismo, álcool, maconha, anabolizantes, cafeína e outras drogas na função reprodutora. Riscos e causas de infertilidade são dentre eles, história de DST, curetagens excessivas prévias, endometriose, disfunções ovulatórias, homem que teve caxumba ou trauma testicular, efalha na descida testicular. História de anorexia nas mulheres, ganho excessivo de peso, hipertireoidismo, hiperprolactinemia e diabetes mellitus.

Na investigação do casal infértil inclui vários exames complementares, dentre outros, como para a mulher: histerossalpingografia, para avaliar as trompas e útero, histeroscopia, laparoscopia, dosagens hormonais, ultra-sonografia transvaginal e papanicolau; e para o homem: espermograma, espermocultura, capacitação espermática e, em casos selecionados, dosagens hormonais e biópsia testicular.

É também importante enfocar que muitas opções terapêuticas são simples e de custo financeiro relativamente baixo. E, ao contrário do que se pensa, um pequeno percentual de casais precisará de tecnologia avançada para constituir uma família.

Existem vários tratamentos para infertilidade, lembrando que nenhum dá garantia de 100% de ter um bebê em casa, aliás, as chances são menores que 50% em cada tentativa, dependendo muito do método utilizado e do tipo de patologia do casal. Os tratamentos de baixa complexidade são: indução da ovulação, coito programado e inseminação uterina. Os de alta complexidade são: fertilização in vitro (FIV) e injeção intracitoplasmática (ICSI). Também há doação de gametas, doação de embriões, barriga de aluguel e adoção.

O casal tem de trabalhar com perspectivas reais de sucesso e falhas, sempre considerando como se reestruturar a curto e a longo prazo.

 

 

Clínica Santa Helena
Rua José Nóbrega de Oliveira, 98 Jardim do Sul - Bragança Paulista-SP

Agendamentos:
Consultas: (11) 4033-1310 | (11) 4034-0805 | (11) 4032-6608
Administração e Fax: (11) 4032-1358
Dermatologia: (11) 4032-7452 | (11) 99592-1768
Exames de Radiologia e Ultrassonografia e Fisioterapia: (11) 2473-1320 | (11) 2473-1358
Ginecologia e Cirurgia Plástica: (11) 4032-3122 | (11) 99592-2465